Coisas que nos tentam abafar a vida

Se há coisas que detesto é sentir-me abafada, perseguida, seguida, imitada
…tenho tendência a reagir mesmo mal :/ ABAFADA é a palavra certa para definir o que sinto sobre estas atitudes :/
Qual é a lógica de andarem atrás de mim, a imaginar coisas que acontecem na minha vida e que não passam de imaginação – bem fértil por sinal, a antever o que faço, a controlar até a minha agenda???
E quem me conhece bem, sabe o quanto odeio estas coisas! O problema é que certas pessoas acham que me conhecem mas não conhecem mesmo e depois acabam por se dar mal :/

Com a Deusa do Descanso

São pessoas que desenvolvem uns pensamentos lógicos bem baratos e 99,999% errados, partindo de pressupostos inteiramente errados mas que se topam à légua e que geralmente prefiro fazer de conta que não percebi, é-me mais útil mentalmente do que estar sempre em confronto, mas às vezes cansa.

Usam aquelas velhas estratégias* de dizer mal de toda a gente que me rodeia, ou que acham que é toda a gente que me rodeia, pelo menos as que conhecem e tem acesso, tentar antecipar-se àquilo que acham que são as minhas necessidades, intrometem-se e porra, isto chateia!

* Quem já estudou casos em que X pretende exercer algum domínio sobre Y, é mais na violência doméstica mas não só, sabe que os primeiros passos são assim, começa-se por dizer mal, intrujar, de forma a afastar toda a gente que rodeia Y até X assumir o controlo absoluto sobre Y… Só que às vezes Y não depende de X, não vai passar a depende de X, está simplesmente a ver se não se chateia muito e no dia em que se chatear X vai dar uma curva… Digamos que há Y fracos e há Y fortes e quando X não conhece Y, sai a equação errada e X chumba o exame.

Enfim, é só um ligeiro desabafo muito sinceramente, eu estou bem e tenho força suficiente para me defender, acreditem que tenho essa força :/ Sou baixinha, é raro explodir, mas quando acontece não é bonito de se ver 🙂

Mas vamos aqui fazer um jogo de imaginação fértil… Vamos a ver, X imagina que Y anda com Z… Na verdade Y não tem nada com Z, não sabe se é vivo ou morto, mas X imagina que Y passou a noite com Z e portanto arranja uma história mirabolante para, balde de água fria, descobrir que Z nao é tido nem achado, não se sabe se é vivo ou morto… Não pode ser pahhh… Y tem, de certeza, de ter alguém. é impossível estar sozinha, anda de certeza por aí em cima de alguns fardos de palha, sabe-se lá com quem… com quantos, o abecedário tem tantas letras e há quem repita o nome, de certeza que tem, impossível estar sozinha!!!
Alô… porque raio é que Y não pode estar sozinha e preferir estar sozinha a aturar X’s e Z’s e demais letras do alfabeto??? Não só é possível como é aquilo que acontece e Y não tem vontade nenhuma de aturar mais patós deste mundo :/

Beijinhos

( ͡ʘ ͜ʖ ͡ʘ)
Carla

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s