Brincadeirinhas & trapalhadas

Descobri para aqui umas aplicações de telemóvel todas janotas, por assim dizer e quando estou à espera, tipo hoje enquanto o filho foi ao médico, eu fiquei no carro, à porta, a treinar o recorte de uma imagem… não é propriamente fácil e quando nos escapa a mão lá temos de refazer a última operação, mas com prática é cada vez mais engraçado 🙂

Ainda por cima, o meu vestido de hoje tem renda na terminação da bainha e tem de se andar pixel a pixel nessas zonas… é giro 🙂

Depois da imagem recortada, nova aplicação (ou não) para colocar fundos e pequenos apontamentos engraçados… daqui se pode deprender que estive bastante tempo à espera 🙂

Faz-se o que se quiser e a imaginação ditar 🙂

E por falar em espera e tempo perdido à espera, não é que mesmo já com o OK da seguradora, o Novo Banco ainda não libertou o PPR dele??? Deve ser tipo o IRS, que por ter falecido e ser representado pela cabeça de casal, está também aprovado mas hummmm pagam até 31 de agosto… deve ser para as herdeiras irem de férias carpir a dor, uns 6 ou 7 meses após a morte…

Eu peço, desde já, desculpa por estar a ironizar um assunto que não o devia merecer, mas porra!!! Perdem documentos, na mesma empresa, a financeira, uns tem os documentos que os outros já viram mas eles não viram, torna-se a enviar documentos, noutra empresa, o banco, a funcionária troca nos papeis a naturalidade com a nacionalidade e ao receber o pedido de correção mete de lado o assunto que teria resolvido em 5 minutos com um telefonema e vai para as férias da Páscoa deixando os clientes, sim o meu pai era cliente e a minha irmã é uma boa cliente, à espera… os colegas rectificaram os papeis à mão, a seguradora aceitou e apesar de aprovado, apesar dos dias passarem, nada de dinheiro… isto com o banco a enviar mensagens para se ir aprovisionar a conta vazia (por comprovado óbito do proprietário) mas que ainda não pode ser definitivamente fechada porque o dinheiro do PPR ainda não foi libertado, por culpa deles mas a nossas expensas e tem, portanto, ridículas despesas de manutenção forçadas porque, apesar do tempo que já passou, ainda não pagaram e não nos deixam fechar a conta congelada por força das circunstâncias….

Desculpem mas é absolutamente de doidos e exige tempo, paciência e dinheiro que nem toda a gente tem… é uma vergonha, desculpem mas é de facto uma vergonha!

Não se entende e nem deve ser para entender, é gozar com as pessoas, já não basta o facto de se ter perdido um familiar que a todos nos era muito querido, em vez de compreenderem, respeitarem e ajudarem, é absolutamente o oposto… sempre vão lucrando 5,20€ de manutenção, muita esfrega com lixívia tem aquela conta e pronto… se é assim com toda a gente não sei não… vergonha do caraças e da minha parte não vou deixar lá um tostão que seja, até o poderia fazer mas não faço porque esta situação toda me conseguiu afastar de um banco onde por acaso abri a minha primeira conta aos 16 anos, a conta jovem mas que hoje, pelo que este processo está a demonstrar, torna impossível qualquer relação!

Enfim, aguardam-se cenas dos próximos episódios sendo que, aquilo que eu julgava mais complicado, está ser o mais simples…

Suponho que isto está como o tempo que, nestes dias, se pôs, frio e de chuva… está tudo dito…

🤔🙄😐

Carla

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s