Ela começa a aparecer

Independentemente de tudo e  mais alguma coisa, os dias continuam a correr e tarda nada está ai a Primavera, altura em que volta a ser verdadeiramente agradável viver 🙂 Os dias começam a ficar maiores, os bolbos já nascem, as flores começam a querer aparecer e já há cegonhas e mais passarada, cada vez mais… tarda nada já volta a valer a pena isto de se viver no campo, um pouco mais duro no inverno embora sempre mais agradável do que viver na cidade, com gente amontoada em guerras de condomínios e por ai fora!

Abelha a recolher pólen numa azeda

A minha própria vida vai dando a volta, às vezes há males que vêm por bem… Decisões que se tomam, por muito que custem e que acabam por simplificar a vida e permitem seguir em frente, a todos os níveis claro. Simplificar a vida e colocar para trás tudo aquilo que pode ser colocado para trás, esquecer irritações (sem perdoar a quem as causou), etc.

Neste momento, entre outras coisas, interessa-me continuar a dedicar-me a estudar a ver se, para o próximo ano, sempre dou aquele passo que ando a adiar há montes de tempo… vai ser agora e acaba por ser mais importante que tantas outras coisas. Se não fizermos certas coisas por nós, ninguém o faz, certo  e sabido.

Folhado Comum a preparar-se para ficar carregado de flores com um cheiro delicioso

E é engraçado mas continuo sozinha e cada vez mais é sozinha que me sabe bem estar… Há pessoas que acham que estamos na gaveta e ali ficamos tempos infindos à espera que vamos a correr quando tentam abrir a tal gaveta onde, supostamente, estamos armazenadas mas tenho sabido resistir às tentativas de abertura das supostas gavetas… de momento estou sem pingo de paciência para esse género de tentativas, porque estou, estejam as gavetas fechadas há muito ou pouco tempo… vão engatar para os karaokes que é o que fazem de melhor :/

É assim que quero e é isso que deixo bem claro… vou deixando 🙂 Guerra do Balaio Fechado como em certo romance de Jorge Amado???? não exageremos lol mas de facto neste momento estou fechada para certas situações… elas vão existindo mas não tenho sequer paciência para as mesmas. É por ai mesmo e a vida vai seguindo.

Por agora, florescer, para acompanhar a tal da primavera dos dias maiores, flores, abelhas e pássaros 🙂 Neste primavera vou avançar com a tal da rede, claro que se vai perder bastante do espírito com que todos vivemos neste local, mas fica tudo delimitado. Por um lado é triste porque se vivia aqui muito bem, com calma, paz e sossego, mas por outro é o que vai ter se ser e não há volta a dar. Já ando a ver preços e quem a pode construir e vai ser o projeto deste ano de 2018.

Hoje foi também dia de remover duas pessoas bem concretas do meu perfil do Facebook… não que isso seja particularmente importante mas são pessoas que conheço pessoalmente há montes de anos, uma com que embirro desde o primeiro dia mas que pronto, era amiga “do casal” e a outra era minha amiga pessoal mas desde que fiquei doente optou por afastar, porque estar doente é coisa de velhos, negativa, só acontece aos outros e não queremos essas coisas perto não se vá pegar… estou a ironizar mas já está feito… O engraçado é que tem ambas o mesmo primeiro nome 🙂 Fique bem e desejos de uma boa vida 🙂

Carla

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s