De uma mulher do sul

O texto não é meu e, a bem da verdade, nem me serve a carapuça pois, apesar de portuguesa, não bebo nem gasto seja o que for com meninas (ou meninos by the way) e mesmo que quisesse, não ganho dinheiro para tal vida de gastos de p&%/ e vinho verde…

Mas realmente  publico aqui porque responde de forma certeira às declarações deste Embaixador da Holanda de nome esquisito, que emitiu comentários levianos a qualificar todo este povo, do qual faço parte, obviamente com o intuito apenas de achincalhar e nada mais. É pena que se fale dos povos do sul sem os conhecer, mostra ignorância ou pelo contrário apenas má fé! O costumeiro falar de barriga cheia.

Diz tudo e está excelente 🙂

Fonte: De uma mulher do sul

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s