De volta à piscina

Finalmente ganhei a batalha contra a água da piscina… Não está crystal clear mas está límpida o suficiente e a Joana já fez o gosto ao dedo por assim dizer 🙂

image

Digamos que ainda foram umas belas passagens de toda a água pelo filtro mas compensou 🙂
Também estou a usar um produto em que um dos efeitos é floculante e é ver pequenos granulos no fundo que saem com o camaroeiro facilmente 🙂
A ver se amanhã de manhã já dou o meu mergulho 🙂

image

É giro ver como uma coisa tão simples consegue fazer tanta gente feliz 🙂

Ontem fui à terra do meu pai e avós paternos… Foi necessário ir porque ameaçam que cortavam a luz se não pudessem ir presencialmente ver a contagem e assim lá fomos abrir a porta ao senhor.
Fui com o meu pai, a Joana e o cão Jerónimo que explorou tudo o que era erva seca trazendo no seu pelo grande uma montanha de sementes secas… Deve dar uma bela polinização deve…
Foi o meu pai a conduzir, nem eu poderia e confesso que já tinha saudades daqueles vales densos 🙂

image

O Jerónimo apanhou um susto valente, foi picado por uma ou mais vespas que tinham o ninho na fechadura do portão e foi um susto até percebermos o que se passava… Ainda coloca a orelha à banda mas está calmo e tranquilo… À saída foi o meu pai picado num dedo também por uma vespa… Enfim, bichos 😦

image

Aproveitei e trouxe 2 rebentos da Figueira lá do quintal, com bocados de raiz… Lembra-me o meu avô paterno… Optei por colocá-los juntos num vaso ao pé da porta aqui em casa para se desenvolverem… Uma vez maiores, arranjo um sítio definitivo, agora interessa é que arrebitem pois uma vez estabilizados e fortes podem fazer belas árvores… Compete-me a mim agora cuidar 🙂
Mas sim, já tinha saudades apesar de lá ter ido o ano passado.

image

image

Vales verdes de onde provém 50% da minha carga genética, pelo menos 4 ou 5 gerações para trás 🙂
Isso e as longas férias de verão da minha infância fizeram-me gostar mesmo muito daquela terra que afinal foi vítima de incêndios anteontem, fogo posto mas que em 4 horas foi debelado, câmara de Mação e respetiva proteção civil ali não brincam em serviço mas ainda não descobriram quem é o idiota que pega fogo e sempre mais ou menos na zona de uma mesma aldeia… Triste que ainda não tenha sido apanhado :/

🌳 🌲 🌳 🌲

E por falar em árvores, lembra-me das minhas últimas plantações aqui no parapeito da janela da cozinha… Das bolotas que apanhei do chão frente à escola da Joana tenho 2 sobreirinhos, o mais desenvolvido com um golpe de calor teve algumas folhas secas mas consegui que recuperasse não murchando o caule e ainda lançou uma ramagem nova na base… Quando as folhas começaram a murchar fiquei triste mas agora com novo rebento na base estou bem contente… O outro que era mais tardio e pequeno tornou-se agora o mais forte e parece ir de vento em popa para meu grande contentamento 🙂

image

Os dois pequenos Sobreiros ao centro e à direita uma das pequenas árvores de bolinhas apanhadas do chão também de árvores frente à escola… Neste caso, um gato a tentar manobras junto à janela, deitou o vaso para a bancada dobrando o caule ao meio… Com um palito e fita adesiva fixei uma tala e parece estar a funcionar porque nem está murcha nem parou o crescimento e tem uma folhinha a nascer 🙂

image
image

Tenho portanto em vasinhos 2 Sobreiros e 7 pequenas árvores das tais bolinhas que apanhei frente à escola e a crescer a partir de uma semente e já bem há um ano uma outra árvore de fruto da qual não me lembro já o nome mas a qual tenho um exemplar novo aqui no quintal da frente e que me arranjou a Sandra com quem estive internada 🙂
image

Enfim, ando a cuidar destas plantinhas mês após mês e no geral não me estou a sair mal… Será que vou conseguir que os meus Sobreiros cresçam aqui à frente mês após mês, ano após ano 🙂
Gostava muito de não falhar nessa tarefa porque, por vezes, as coisa fogem ao meu controle e danou-se que é mesmo assim… Ou períodos em que ando cansada demais para tratar das minhas pequenas coisas ou simplesmente algo como as porcas atacarem seja uma planta seja as pedras que fazem o contorno da base da planta por exemplo, mas por sorte elas não gostam dos meus Godjis embora as galinhas também à solta pareçam gostar dos frutos 🙂 Uma coisa de cada vez
Pelo menos as Alfarrobeiras que o meu vizinho me deu este ano estão a florir bem assim como a Nespereira, é uma questão de aos poucos a coisa vai ao sítio o que me deixa contente 🙂
Ainda tenho de magicar bons planos de rega mas as coisas vão-se fazendo, devagarzinho tudo na minha vida hoje em dia.
image

Os próximos 5 anos tenho mesmo de os passar aqui e interrogo-me como estarão as coisas até lá… Se conseguir ser cuidadosa estarão bem de certeza mas é sempre uma incógnita até porque basta uma semana de calor sem rega adequada para as coisas de bem passarem a mal… Logo se vê mas até agora estou contente com as minhas plantinhas 🙂
Hora de parar de tagarelar e ir para a cama… Amanhã é dia de piscina 🙂

😘
Carla

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s