Só eu :)

WIN_20160409_16_12_24_ProAndava eu a fazer planos para um canteiro de suculentas, de que já tinha – entre outras – um belo exemplar de Echeveria agavoides, mas como primeiro passo, estava a planear alterações de elevação no canteiro, pela humidade que a drenagem insuficiente e a baixa altura do mesmo apresentava e que poderia apodrecer as plantas… Estava, no entanto,  um pouco preguiçosa em meter mãos à obra…

Hoje, em conversa com a Deusa, que me ajuda, dei um volte-face ao meu projeto e, aproveitando umas plantas que ela me deu, das quais prefiro não mencionar o nome e, não, não é nada que se fume, são plantas que servem bem para cobrir pequenos espaços limitados, como é o caso e abafar as ervas que teimam em nascer. Enfim, lá meti pedras a fazer uma simples rocalha* e agora é aguardar os resultados.

* Sobre o que é uma rocalha, aqui está um link que explica: Como Construir uma Rocalha e, confesso, é algo em que penso há muito tempo, a minha é bem mais simples, modesta, improvisada e para se obter efeitos práticos, mas espero que resulte 🙂

Mas desta, já tive a ideia de meter mãos à obra e fazer uma outra naquela espécie de canteiro sem serventia em cima do qual toda a gente passa e espezinha… a ver se se perde o hábito 😛

Mas pronto, uma coisa de cada vez e aproveitando sempre a primavera onde tudo cresce e se desenvolve 🙂

Fora isso ando bem, coxeio para a esquerda, coxeio para a direita mas, com a minha calma do costume, que é aliás necessária, vou fazendo as minhas coisas e começo a pensar que realmente a vida é para ser vivida, com calma, o melhor que se pode, mas para ser vivida com tudo de bom que ela nos oferece 🙂

E pronto, agora cama que amanha lá tenho de acordar às 7 para levar a Joana à escola e entrar no meu ritmo habitual.

Estabilizar a vida, cuidar dos filhos e dos bichos que dependem de mim,cuidar da minha casa e tentar viver um pouco são as prioridades que esta primavera me começa a impor 🙂 Já agora, cuidar de mim um pouco, coisa que por vezes ponho de lado mas que não está correto 🙂

O meu vizinho, enquanto eu estava a fazer a rocalha, andou empoleirado a podar de forma severa o limoeiro que coitado, estava muito em baixo… Ficou impecável, lembrei-me que este ano, desde que fiquei doente, nunca tive animo para podar as minhas videiras, que ainda são bastantes… o Sr. Eugénio diz que ajuda mas eu mesma, com a minha tesoura de poda,posso perfeitamente meter mãos à obra, sei como se faz e não dá assim tanto trabalho, não dá para ficar sentada no chão, mas quem sabe, vou com um banquinho e tá feito 🙂

É engraçado mas os vizinhos aqui ajudam-se sempre que podem uns aos outros, como eu, no que posso, também ajudo, mais cenas de informática, papeladas e por ai fora, mas isso é uma das coisas que me faz gostar do local onde vivo 🙂 A vizinhança e o privilégio de ter cegonhas a voar por cima da nossa casa, o adormecer a ouvir grilos e rãs, o ter onde plantar árvores e plantas e por ai fora, é realmente um sítio bom e que me deixa agarrada, em especial nesta altura do ano onde os dias estão com mais luz e calor e se vive de facto muito melhor.

E pronto, com um humor primaveril me vou deitar 🙂

( ͡ʘ ͜ʖ ͡ʘ)

Carla

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s