Fisicamente de rastos…

Ontem fiz uma comida um pouco diferente ao almoço, com uma cena parecida com delícias do mar, talvez tenha comido demais, nem sei pois a Joana estava bem, mas nem consegui jantar e acordei às 4, foi uma noite terrível.. O meu pai veio cá tratar de uns assuntos e obrigou-me a almoçar, menos que o normal mas também não acho que seja razão para ir já ao médico, se amanhã não estiver melhor então sim, lá vou tentar arranjar consulta…

Desde que a minha médica emigrou que não tenho médico de família e isso estraga tudo porque deixei de ter uma médica que me conhece e é chato ir sempre a médicos diferentes, mas enfim, é a realidade com que temos de lidar!

Nota: Dúvida imigrar ou emigrar
…pode dizer-se, por exemplo, que um português que vai trabalhar para o estrangeiro emigra, relativamente a Portugal (ex.: o pai dele emigrou aos 17 anos; estava a pensar emigrar para a Austrália), e imigra, relativamente ao país de acolhimento (ex.: a família imigrou e já vive neste país há uma década); da mesma forma, um estrangeiro que veio trabalhar para Portugal é imigrante neste país (ex.: os imigrantes permitem rejuvenescer a população envelhecida) e emigrante no seu país de origem (ex.: todos os meses, o emigrante envia dinheiro à família)….

Entretanto, excelentes notícias, ontem, ao examinar o meu pequeno terraço de sombra 🙂

O meu Bordo do Japão, que mandei vir da Planfor logo que me mudei para esta casa, em torrão com cerca de 30 a 40 cm, já está maior que eu e cheio de novas folhas e rebentos…É uma planta gira pois, dependendo da luz e altura do ano, apresenta folhas de cores absolutamente diferentes, desde o verde ao vermelho, passando por tonalidades de laranja e, maravilha, dá-se bem à sombra e à meia-sombra 🙂

Por outro lado, também a minha Dipladênia – Diamantina Jade “White” parece estar a desenvolver-se bem… li que morre com temperaturas abaixo dos 10 ºC mas das duas uma, ou a temperatura naquele cantinho nunca desce tão baixo ou esta foge à regra e gostou do canteiro novo, mas embora ainda não tenha flores está a ficar bonita e a preparar-se para trepar pela parede acima quando eu colocar os suportes 🙂

Por ultimo e, sem esquecer que o jasmim que plantei no canteiro também está absolutamente estabilizado e a desenvolver bem, fiquei também maravilhada ao constatar que os dois pézinhos de Mahonia bealei que retirei da planta mãe aqui no meu canteiro à frente e coloquei no fundo do canteiro de sombra e que já dava como perdidos por terem sido levantados e abafados por bolbos enterrados que me escaparam, afinal, não só as primeiras folhas ainda estão verdes como já lançaram novos rebentos… fiquei mesmo contente 🙂

Quando tudo crescer vão ficar absolutamente bem 🙂 E fico mesmo contente 🙂

Pena mesmo que as palhinhas que foram colocadas a separar do vento, não resistiram a esse mesmo vento e como que levantaram voo mas nada a fazer 🙂

Quanto a mim, dar comida aos cães, às galinhas, cobaias e gatos e depois de fazer o jantar voltar a apagar pois estou mesmo meio de rastos mas é assim mesmo.

( ͡ʘ ͜ʖ ͡ʘ)

Carla

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s